Descubra o Erro na Música #4 – Me chama- Lobão

Início » Blog » Dicas » Erro na música » Descubra o Erro na Música #4 – Me chama- Lobão

Parece que Lobão deu umas desviadas da norma padrão. Mas não deixa de ser uma delícia de cantar! Gramaticalmente problemática, mas harmonicamente perfeita

Por: | 2017-12-18T11:38:28+00:00 25 de outubro de 2016|Erro na música|

A música Me chama- Lobão está na nossa lista de desvios da norma culta está cheia! Então, você é capaz de descobrir o que não está correto nos versos “Aonde está você?/Me telefona/Me chama, me chama, me chama”?

Se você achou três desvios nesses versos, você está certíssimo! Lobão usou e abusou da licença poética nessa canção, não é mesmo?

O que não podemos negar é que a música caiu no gosto do povo! Ou você não ficou cantarolando os versos na cabeça assim que leu?

Bom, vamos, então, ao que não está dentro dos padrões por aqui.

O primeiro desvio acontece no verso “Aonde está você?” e  já aprendemos sobre ele aqui. É a regrinha do onde/aonde! “Onde” é um advérbio que indica um lugar em que algo ou alguém está e deve ser utilizado somente para substituir vocábulos que expressem esse significado.

O “aonde”, por sua vez, está relacionado a orações que indiquem movimento ou a verbos que exijam a preposição “a”. Esse advérbio transmite a noção de um destino, um lugar para o qual se vai.

O verso, então, deveria ser “Onde está você?”.

Os outros dois errinhos se encontram nos versos que restaram: “Me telefona/Me chama, me chama, me chama”.

As frases, corretamente grafadas, deveriam ser:

“Telefone-me/Chame-me, chame-me, chame-me”

Nossa, que estanho! É assim mesmo? Sim, é assim mesmo! Vamos entender por quê?

Na norma culta da Língua Portuguesa, frases iniciadas por pronomes oblíquos não são permitidas. No caso da música, a colocação pronominal correta é a ênclise (pronome após o verbo), que é a posição natural do pronome – mesmo que a gente saiba que quase não falamos assim regularmente!

Você deve estar pensando que não foi só isso que mudou. Não, não foi. A conjugação dos verbos também foi alterada. Quando estamos fazendo um pedido ou dando uma ordem, usamos o modo verbal imperativo.

No caso da música, o modo utilizado foi o indicativo e, portanto, acarretou um desvio. O correto é, assim, o uso do imperativo afirmativo, em que a terceira pessoa do singular se realiza por “telefone você” e “chame você” (assim mesmo, com você).

É, parece que Lobão deu umas desviadas da norma padrão, né? Apesar disso, é ou não é uma delícia de cantar? Pois é… Gramaticalmente problemática, mas harmonicamente perfeita. Ainda bem que existe a licença poética!

Veja outras músicas

Você gosta de ditados? Então, divirta-se com nossos ditados e aprenda aquelas palavrinhas difíceis!

Claudia Jones com a colaboração de Luana Magalhães, graduanda em Letras

Aproveite e treine questões online de Língua Portuguesa pelo Qconcursos.com

Já pensou em treinar suas redações e tê-las corrigidas por uma equipe sensacional? Cadastre-se no Redação Perfeita e saiba como transformar a sua redação no melhor texto da sua vida!

Encontrou algum erro? Notifique-nos para acertarmos cada vez mais! ?

Comente no nosso post e dê a sua contribuição! Vai ser legal saber o que você pensa sobre esse assunto. ?

Colaborou: Luana Magalhães, graduanda em Letras

Assista ao vídeo abaixo e entenda como funciona o Redação Perfeita.

Comentários