Descubra o Erro na Música #13 – Gusttavo Lima – Refém

Início » Blog » Dicas » Erro na música » Descubra o Erro na Música #13 – Gusttavo Lima – Refém
Por: | 2017-12-18T11:39:33+00:00 05 de abril de 2017|Dicas, Erro na música|

Gusttavo Lima – RefémEssa música do Gusttavo Lima – Refém é ótima para quem está apaixonado, não é mesmo? Além de gostosa de ouvir, dá uma boa declaração de amor. Mas há um desvio da norma culta da língua portuguesa no verso acima. Você consegue identificá-lo?

Concordância verbal?

Sim, mais uma vez, temos um caso de concordância verbal. Na oração “só esses cabelos pretos me faz bem”, nota-se que o sujeito “cabelos pretos” não concorda com seu predicado “me faz bem”. O núcleo do sujeito está no plural, a forma mais adequada do verbo “fazer”, na variação padrão, seria “fazem”, de modo que a oração ficaria “só esses cabelos pretos me fazem bem”.

Outra observação é que, no segundo verso, o objeto direto está ausente. O eu lírico quer dizer que quando não tem os cabelos pretos da pessoa a quem ele ama, ele fica doente, portanto seria necessário colocar um pronome oblíquo para representar “os cabelos pretos”. Assim, a oração ficaria: quando não os tenho, fico doente.

Entretanto, como já estamos carecas de saber, a chamada licença poética permite que o Gusttavo Lima utilize uma variação informal da língua para garantir uma melhor sonoridade e dar melodia à canção, que é tão boa de cantar desse jeitinho.

Então, apesar de conhecermos a maneira mais adequada para uma situação formal de uso da língua, sabemos que esse desvio é permitido e bem aproveitado na composição de canções.

E, agora, que tal repassar essa dica para os amigos? Ah, e não se esqueça de continuar passando por aqui para saber mais sobre músicas e licença poética!

Para você que adora música, como eu, aproveita e veja outros erros cometidos nas músicas sob a chancela da Licença Poética

Que tal investir seu tempo para assistir às videoaulas de Língua Portuguesa no Qconcursos.com. Bons estudos!

Colaborou: Luana Magalhães, graduanda em Letras

Comentários